Mala de viagem de mão: guia completo sobre restrições e possibilidades

by

Na hora de arrumar a bagagem para uma viagem, muitas dúvidas surgem, principalmente em relação à mala de viagem de mão. As pessoas se perguntam, por exemplo, em relação ao tamanho da mala.

Quando ela está pronta, ficam tentando adivinhar o peso que ela tem e se não vai estar acima do que é permitido por lei, passando pelo constrangimento de abri-la e deixar algumas coisas no aeroporto.

Outra dúvida comum e, também, mais frequente, é o que pode e como se devem levar certos produtos, enfim, são muitos os questionamentos.

Em meio a tantas dúvidas, há um ponto que ninguém questiona e que é uma certeza entre aqueles que gostam de viajar: a bagagem de mão é a mais prática para uma viagem, seja a negócios ou para um passeio de poucos dias.

Ela é pequena, costumar ter rodinhas e serve, principalmente, para levar artigos de primeira necessidade e, também, àqueles que não são interessantes de serem despachados com as demais bagagens no check-in, por serem bens muito valiosos para o viajante. Pode também ser a única mala em um caso de viagem curta e, então, conter tudo o que é necessário dentro dela.

No caso das mulheres, a mala de viagem de mão ainda pode ser acompanhada por uma pequena mochila ou bolsa, contendo artigos pessoais.

Ela possui diferenças e especificidades, seja para uma viagem em nível nacional ou internacional.

E para esclarecer esses questionamentos, vamos te passar um guia completo sobre as restrições e o que é permitido dentro da mala de viagem de mão. Assim, você não ficará mais em dúvida quando tiver organizando as suas coisas para aquela tão sonhada viagem.

Bagagem de mão para voos nacionais

A mala de viagem de mão de um voo nacional não pode exceder a 5kg. Além disso, ela precisa ter uma dimensão cuja soma das medidas (largura + altura + profundidade) não ultrapasse 115 cm ou 45 polegadas, tamanho que cabe perfeitamente na cabine de passageiros ou sob a poltrona, locais permitidos para que esse tipo de bagagem seja colocado dentro de um avião.

Na mala, além de bens pessoais, é possível levar, também, eletrônicos e remédios. Em caso da utilização de um medicamento com seringa e agulha, como, por exemplo, a insulina, é necessária a apresentação de um atestado médico.

No caso de transporte de líquidos, é possível levar bebidas alcoólicas em recipientes de até um litro, desde que não excedam a 70% de álcool. Neste caso, cada passageiro tem a permissão para levar até cinco litros.

Em relação a produtos de higiene pessoal é permitido um total de dois litros e cada frasco não pode ter mais que 100 ml.

O transporte de objetos pontiagudos ou cortantes (tesouras, alicates de unha, estilete, navalha, gilete), armas, substâncias tóxicas, químicas, explosivas ou infamáveis não são permitidos de jeito nenhum.

mala-de-viagem-de-mao-2
O peso da mala de viagem de mão, em trechos nacionais, é limitado a 5 kg.

Bagagem de mão voos internacionais

Algumas especificidades variam de acordo com cada companhia, mas, em geral, o solicitado pelas empresas aéreas que fazem trajetos internacionais é muito semelhante. A maioria aceita mala de viagem de mão com dimensões de 55 x40 x 20 cm. O peso é um pouco maior que os voos nacionais ficando entre 8kg e 10 kg.

Essa tolerância é maior, em função de que várias companhias aéreas na Europa têm o sistema low-cost ou baixo-custo, como chamamos. É muito simples, as companhias oferecem passagens com valor bem baixo e as pessoas viajam apenas com a bagagem de mão.

Em geral, todas as companhias que oferecem esse tipo de passagem para o cliente adotam o mesmo padrão.

A easyjet tem dimensões de malas de mão um pouco maiores (56 x 45 x 25cm, cuja soma dos lados é igual a 126cm) e não tem restrição de peso. Outra companhia, a Tuify, mantém os tamanhos da bagagem que a maioria utiliza (55 x40 x 20 cm, cuja soma dos lados é igual a 115cm), entretanto, o peso é limitado a seis quilos.

Nos voos internacionais o respeito a esse padrão é rigoroso. Há um sistema em que todos os passageiros, antes de entrarem no avião, passam pelo teste que demonstra se a mala cumpre esses requisitos, e se não cumprir, o jeito é despachá-la e o valor para isso, muitas vezes, é superior ao que foi pago pela passagem.

Em voos internacionais, não são apenas o peso e o tamanho da mala de viagem de mão que são controlados, o conteúdo também.

É permitido que você transporte líquidos, desde que estejam em frascos de até 100 ml e dentro de uma embalagem plástica transparente, vedada, com capacidade máxima de 1 litro e com dimensões que não excedam 20 x20 cm.

Líquidos em frascos acima de 100 ml não podem ser transportados, nem que estejam praticamente vazios. Só são aceitos em quantidade maior, casos de produtos de freeshops, desde que o recibo demonstre que a data da compra é inferior a 48 horas ao voo e que a embalagem efetivamente mostre o conteúdo. Eles devem ser acomodados em sacolas plásticas transparentes e permanecerem fechados até o final da viagem.

Artigos como explosivos, gases, líquidos e sólidos inflamáveis, oxidantes, tóxicos, corrosivos são terminantemente proibidos por serem considerados perigosos. Em outro contexto, eles podem até ser inofensivos, porém, dentro de um avião eles têm outra imagem, pois eles podem vazar, gerar odores, ou muito pior, causar uma grande explosão.

Além disso, a exemplo de voos nacionais, objetos pontiagudos e cortantes também não são aceitos. Eles são vetados em qualquer circunstância.

mala-de-viagem-de-mao-1
O peso da mala de viagem de mão, em trechos internacionais, é limitado a 10 kg.

O que não pode faltar na bagagem de mão?

Independente de o voo ser nacional ou internacional, se a intenção é passar alguns dias no ponto de destino há algumas coisas que não podem faltar.

Primeiro, para você não ter problemas, caso esteja tomando algum medicamento, e o esteja carregando, é importante ter a receita médica para não correr o risco de o medicamento ser apreendido.

Nos casos de viagens internacionais, se estiver levando aparelhos eletrônicos, como uma máquina fotográfica e um notebook, importante carregar junto às notas fiscais de ambos. É provável que no retorno para casa, você tenha que comprovar que esses equipamentos são seus e não foram comprados na viagem.

Independente do número de horas que você ficará no voo ter um kit higiene é indispensável, isto claro seguindo as normas de acondicionamento já relatadas. Escova de dente, pasta de dente, pente e escova de cabelo, desodorante, não podem faltar na mala de viagem de mão.

No caso, especificamente das mulheres, ainda podemos incluir a maquiagem para dar aquela retocadinha básica depois de horas e horas de voo.

Ter sempre uma muda de roupa completa e um casaco na bagagem é uma forma de se prevenir, principalmente, se algo ocorrer e, por ventura, a mala for extraviada.

Essa dica é interessante, tanto para quem fará uma viagem longa quanto curta, afinal, imprevistos acontecem e você pode precisar de outra muda de roupa, independente do número de horas de voo.

Esta dica destina-se, principalmente, para você, que ficará várias horas em um avião, além de esperando por conexões em aeroportos. Sabe aquele livro que você ganhou de aniversário, mas ainda não teve oportunidade de ler, então, ele não poderá ser esquecido em casa.

Certamente você terá tempo para ele na viagem. Além disso, pegue revistas, tablet e tudo mais que puder para se distrair durante o longo tempo que estará no avião.

Mesmo que os aviões costumem ter serviço de bordo, para viagens longas, nunca é demais ter uma barrinha de cereal, um chocolate ou um saquinho de biscoitos na mala de viagem de mão.

Esse tipo de coisa não é barrada, pelas companhias aéreas e, assim, você se previne e não morre de fome, caso, por algum motivo, a companhia aérea com a qual você está voando não lhe oferecer nada.

Se a sua viagem for longa e para longe, não é exagero ter na mala de viagem de mão um kit de medicamentos. Opte por aqueles, que são essenciais para o tipo de problema que, em função do voo, você poderá ter, como enjoo, dor de cabeça, alguma indisposição estomacal, febre, etc.

Todos esses itens, se por ventura você esquecer, não devem gerar um grande problema, mas há coisas, como por exemplo, os documentos que não podem ser esquecidos.

Se a viagem for para fora do país, o passaporte precisa ser o primeiro item lembrado e, obviamente, deve estar na bagagem de mão. Contudo, se a viagem for para algum lugar dentro do Brasil, a identidade é um documento indispensável.

Nas viagens internacionais, a quantidade de documentos que precisam ser apresentados é maior. No caso de uma viagem para fazer um curso, por exemplo, ter o comprovante de matricula da escola e um papel que comprove o local em que você vai ficar se tornam indispensáveis para prevenir situações desconfortáveis.

mala-de-viagem-de-mao-4
Na mala de viagem de mão leve o necessário para se usar por alguns dias.

Com tantos detalhes, não se esqueça de fazer um check list. Coloque no papel tudo o que você precisa para não deixar nada para trás, pois dependendo do que não for com você para o aeroporto, pode se tornar uma dor de cabeça seja no embarque, no seu local de origem, ou no desembarque no seu destino.

E não se esqueça de que objetos de valor sempre devem ser colocados na mala de viagem de mão: joias, equipamentos eletrônicos, dinheiro, cartões, óculos, precisam ficar com você, pois se extraviarem a sua mala, você não terá problemas maiores por ter despachado na mala um objeto de grande valor e de primeira necessidade.

Gostou do nosso manual para arrumar sua mala de viagem de mão? Esquecemos algo? Deixe seu comentário.

Mala de viagem de mão: guia completo sobre restrições e possibilidades Overall rating: 0 out of 5 based on 0 reviews.

You may also like