bagagem extraviada

Bagagem extraviada: guia definitivo para resolver o problema

by

Poucos transtornos de viagem trazem tanta dor de cabeça e são tão temidos quanto a bagagem extraviada. Afinal, estar longe de casa, cansado pelo percurso e sem os pertences pessoais é um pesadelo de todo viajante. 

O problema, infelizmente, pode acontecer – e não é tão raro quanto poderíamos desejar. A boa notícia é que existem medidas práticas (garantidas pelos direitos dos passageiros aéreos) das quais você pode lançar mão para resolver a situação. Confira o guia abaixo e saiba como proceder nesse caso! 

Bagagem extraviada: o que fazer? 

Você sabia que o extravio de bagagens está no topo da lista de reclamações recebidas pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil)? Saiba, passo a passo, quais providências é preciso tomar!

bagagem extraviada

1. Vá ao balcão companhia aérea e registre o RIB 

A primeira providência é dirigir-se ao balcão da sua empresa aérea (localizado na sala de desembarque), comunicar a bagagem extraviada e preencher o documento Registro de Irregularidade de Bagagem – RIB, registrando o ocorrido.

Se você teve problemas em registrar o RIB, faça um B.O. (boletim de ocorrência policial). 

ATENÇÃO: o comprovante de despacho da(s) mala(s) é necessário para preenchimento do RIB. 

2. Comunique o problema à ANAC

Além do RIB, é importante também que você registre uma ocorrência junto à ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). Isso pode ser realizado dentro do próprio aeroporto ou em até 15 dias depois do desembarque. 

3. Conheça e exija seus direitos 

Se sua companhia aérea não devolver a bagagem imediatamente, é seu direito exigir uma compensação financeira para fazer compras de primeira necessidade – o valor é variável de acordo com a empresa e a rota realizada. Em voos domésticos, a ajuda de custo é cerca de 300 reais. Em voos internacionais, é pago em média 150 dólares. 

FIQUE ATENTO: a bagagem pode permanecer na condição de extraviada por no máximo 7 dias em voos domésticos e 21 dias em voos internacionais. Se localizada, deverá ser devolvida no endereço indicado pelo passageiro. 

Caso a mala despachada não for encontrada ou entregue nos prazos acima, a companhia aérea deve indenizar o passageiro em até 7 dias, além de mantê-lo devidamente informado sobre as providências tomadas. 

Lembre-se: adicionalmente a essa indenização, é seu direito receber um ressarcimento  pelas despesas emergenciais durante o período que você estiver sem seus pertences (desde que esteja fora do seu domicílio). 

O pagamento desses custos (o limite do valor diário fica a cargo de cada empresa) deverá ser efetuado em até 7 dias, contados a partir da apresentação dos comprovantes de compra. Certifique-se de guardar seus comprovantes! 

OBSERVAÇÃO IMPORTANTE: você somente pode reclamar o extravio de bagagem em até 15 dias após o desembarque. Não deixe de exercer seus direitos! 

E se a bagagem extraviada ocorrer em uma companhia aérea de outro país? 

Se você estiver voando com uma companhia aérea estrangeira, é importante saber que não será indenizado de acordo com as normas do Código de Defesa do Consumidor em caso de bagagem extraviada. Afinal de contas, a legislação brasileira não tem abrangência para regular a situação. 

Nesses casos, as regras são de responsabilidade das convenções internacionais que abordam normas acerca do transporte aéreo. Vale ressaltar que, no exterior, as indenizações a passageiros por danos materiais e morais podem ser limitadas. 

Aluguei minha mala. Como devo proceder nesses casos? 

Se você optou pelas facilidades do aluguel de malas, o procedimento a ser seguido é o mesmo explicado acima. A diferença é a sua comodidade

Alugando sua bagagem com a GetMalas, você registra o extravio, pega seu comprovante e entrega para a empresa. A partir daí, pode contar conosco: você tem a tranquilidade de saber que estamos cuidando de todo o processo e exigindo o cumprimento dos seus direitos.

Saiba Mais: Férias em dezembro: por que alugar uma mala? 

Bagagem extraviada: 4 dicas valiosas para evitar que o problema aconteça 

1. Vai fazer conexão? Invista em um bom planejamento 

Se seu voo contar com conexões, fique atento: a troca rápida de aviões é uma das principais causas de bagagem extraviada. Para evitar o problema, a primeira dica é: compre passagens de voos que realizam conexões com a mesma empresa aérea.   

Além disso, evite ao máximo escolher passagens com conexões de curto intervalo. Em outras palavras, procure não comprar viagens com conexões de horários muito próximos (com menos de 1 hora em voos nacionais e 2 horas em voos internacionais).

Nessas situações, as chances de que você embarque –  e sua bagagem não – aumentam. Em prazos apertados, afinal, é possível que não haja tempo suficiente para que sua mala seja transferida entre aviões. 

2. Identifique e personalize sua bagagem 

É importante ter em mente que também é possível que algum passageiro pegue sua mala na esteira por engano. Por isso, outra dica valiosa é identificar e personalizar sua bagagem. 

Coloque uma tag com nome, endereço e dados de contato, além de diferenciar o objeto com fitas coloridas, adesivos, capas de malas ou chaveiros. O processo também facilita caso sua mala seja localizada pela companhia aérea, que precisará entrar em contato com você. 

Saiba Mais: Mala de viagem feminina: como escolher, organizar e customizar

3. Não deixe o check-in para a última hora 

Quem despacha a bagagem nos últimos minutos corre riscos! Isso porque pode não haver tempo hábil para que a mala chegue ao porão. Certifique-se de fazer seu check-in com antecedência! 

4. Considere investir em localizadores de malas 

Hoje, o mercado disponibiliza ferramentas de GPS que permitem localizar a mala por meio de apps, e-mail ou SMS. Para fortalecer a segurança, pode ser interessante investir no serviço. 

Dicas extras para viajar mais tranquilo 

Seja precavido na bagagem de mão, levando uma muda de roupas e um pequeno kit de higiene e medicamentos. Dessa forma, você estará preparado se algum problema vier a acontecer; 

Fotografe sua mala, por dentro por fora, antes de despachá-la. Isso será de grande ajuda para identificar sua bagagem, além de servir como comprovação caso haja extravio;

Sempre guarde o comprovante de despacho da mala (ele será necessário em caso de bagagem extraviada); 

Não despache objetos frágeis e de valor. Por medidas de segurança, esses itens deverão ser levados a bordo com você. Carregue joias, eletrônicos e similares na sua mala de mão

Esperamos que nossas dicas sejam úteis para te ajudar em caso de bagagem extraviada. Aproveite para conferir nosso guia de direitos dos passageiros aéreos, que inclui orientações sobre situações como voos atrasados, cancelamentos, overbooking e mais! 

You may also like