viajar com bebe

Viajar com bebê: destinos e dicas para uma viagem tranquila

by

As primeiras aventuras com crianças pequenas geram uma série de expectativas: o que levar? Como viajar com bebê no avião? Para onde ir? De fato, fazer uma viagem com os pequeninos pode ser incrível para criar memórias em família desde cedo, mas exige planejamento para que todo o percurso seja tranquilo.  

Para te ajudar a se preparar, esclarecemos dúvidas, listamos dicas práticas e ideias de bons destinos para viajar com bebê de até 2 anos sem ansiedade. Confira! 

Viajar com bebê: a partir de que idade pode viajar de avião? 

É importante ter em mente que a regra geral da maioria das companhias aéreas é permitir o embarque de bebês a partir dos 7 dias de vida (com exceção da Avianca, que estabelece a idade mínima de 10 dias). 

Vale lembrar, entretanto, que a recomendação médica para viajar com bebê de avião é somente após os 3 meses. Isso porque crianças recém-nascidas ainda não têm o sistema imunológico bem desenvolvido, estando suscetíveis a infecções e doenças no ambiente fechado dos voos.

Depois do primeiro trimestre de vida, os bebês também já tomaram as primeiras vacinas básicas que oferecem maior proteção. De toda forma, o ideal é consultar o pediatra antes de toda viagem. 

Quais são os documentos necessários? 

Para voos nacionais, se o bebê estiver viajando com os pais ou irmãos maiores de 18 anos, é preciso apresentar certidão de nascimento, passaporte ou RG. Se a criança embarcar com avós ou outros familiares, a certidão de nascimento poderá comprovar o parentesco. 

No caso de viagens internacionais, é exigida a apresentação de passaporte do bebê e de visto, a depender das regras do país de destino. 

E quanto à autorização? 

Se o bebê estiver acompanhado de ambos os pais na viagem para o exterior, somente o passaporte da criança e o visto (caso necessário) são suficientes. Se apenas um dos pais estiver embarcando com o bebê, o outro deverá autorizar – o documento precisa ser assinado e apresentado em 2 vias originais, com a firma reconhecida. 

Por outro lado, bebês, crianças e adolescentes menores de idade que viajarem com terceiros precisarão da autorização de ambos os pais

Saiba Mais: Conheça as regras para tirar passaporte de bebê e criança!

O bebê paga passagem de avião?

Sim, a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) determina que as companhias aéreas podem cobrar pelas passagens aéreas para bebês. Para as crianças menores de 2 anos de idade e que não ocuparão um assento na aeronave, entretanto, o valor da passagem não pode ser superior a 10% do valor total pago por um viajante adulto

5 dicas de destinos para viajar com bebê 

viajar com bebe
Créditos: freepik

1. Porto de Galinhas (PE) 

Levar o bebê para conhecer o mar (ou mesmo visitar a praia mais uma vez) é sempre uma boa ideia para muita diversão em família. O Nordeste, com suas águas mais de temperaturas mais agradáveis, destaca-se entre os destinos nacionais – e em especial o paraíso de Porto de Galinhas, em Pernambuco. 

Com muitas opções de hospedagem que vão de pousadas a resorts, o local vai agradar toda a família com muito sol e mar transparente, além de render belíssimas fotos. 

2. Orlando (Flórida – EUA) 

A casa dos parques de diversão mais famosos do mundo não poderia ficar de fora. Além de também ser sinônimo de encantamento e diversão para toda a família, engane-se quem pensa que não se trata de uma boa opção para bebês – os desfiles de personagens, as cores, as interações com o público e as luzes de parques da Disney, da Universal e do Animal Kingdom (para citar alguns exemplos) vão entreter muito os pequenos. 

Além disso, os parques de Orlando também oferecem uma ótima infraestrutura para quem viaja com crianças – trocadores, loja de produtos infantis, cadeiras de amamentação e outros são facilmente encontrados. 

Saiba Mais: Quanto custa viajar em família para os parques da Disney?

3. Gramado (Rio Grande do Sul) 

Para os pais que querem fugir de muita badalação e não querem ir para a praia ou curtir uma piscina, a bela Gramado é uma alternativa diferenciada para aproveitar em família e aproveitar muitas atrações para os pequenos. 

Além de belas paisagens e ótima gastronomia, a cidade da serra gaúcha conta com programas como visita à lúdica fábrica de chocolates, parque de miniaturas, casa do Papai Noel, passeio de pedalinhos no lago e parque de diversões. 

4. Buenos Aires (Argentina) 

A bela e agradável capital da Argentina também é uma ótima opção para viajar com bebê e fazer um delicioso passeio com a família. Com parques e praças para curtir o sol, boa gastronomia, pista de patinação de gelo, o Museu de los Niños, o zoológico de Lujan e a Casa da Barbie, dentre outras atrações, a cidade pode render férias inesquecíveis para todos. 

5. Caldas Novas (Goiás) 

Um dos lugares mais famosos para viajar em família no Brasil, Caldas Novas realmente é uma pedida. Com ótima infraestrutura hoteleira e balneários de águas quentes, a cidade agrada desde bebês a idosos. Hidromassagem, atividades de lazer coletivas e parques aquáticos (como o famoso Beach Park) são alguns dos programas que podem ser aproveitados no local. 

Saiba Mais: Férias em dezembro: por que alugar uma mala?

Dicas extras valiosas para viajar com bebê com tranquilidade 

viajar com bebe
Créditos: freepik

Prefira sempre os voos diretos 

Mesmo que isso signifique um valor a mais nas passagens, não abra mão de voos diretos, que são bem mais confortáveis para quem viaja com bebê. Muitos aeroportos (em especial no Brasil) não oferecem uma boa infraestrutura para fazer conexões longas, e podem tornar o deslocamento de todos extra cansativo, além de estressante para o pequeno. 

Priorizar os voos noturnos também é uma boa ideia, coincidindo com o período de sono e descanso do bebê. 

Planeje bem seu roteiro 

Se planejamento é palavra-chave para qualquer viagem tranquila, viajar com bebê eleva essa verdade a um outro patamar. É claro que imprevistos acontecem, mas ter um roteiro bem planejado com a programação de cada dia é essencial para prever os momentos de caminhada do dia, os pontos de descanso, a hora das refeições. 

Com isso, os pais e responsáveis podem pensar na comida do bebê, nos locais para amamentação e troca de fraldas, no transporte etc, organizando todos esses detalhes. 

Tente ser o último a embarcar 

O ideal é que um dos pais ou acompanhante vá na frente, embarcando na fila prioritária, e já vá acomodando as malas no bagageiro. Enquanto isso, quem está com o bebê deve esperar todos os passageiros embarcarem. 

Dessa forma, evita-se ter que ficar “preso” no assento durante a movimentação do embarque, o que pode estressar a criança antes mesmo que o avião decole.  

Fique de olho na bagagem 

Bebês de até 2 anos não têm direito à bagagem própria, mas os pais têm direito a despachar um carrinho ou bebê conforto sem custos adicionais (e esses itens certamente são essenciais para uma viagem tranquila!). 

No mais, não deixe de levar, especialmente na mala de mão, objetos que atendam às necessidades e ao bem-estar da criança durante o voo, como muda de roupa, fraldas extras, leite em pó, mamadeira e eventuais papinhas, se for o caso. 

Uma manta para amamentação e um sling para carregar o bebê (capaz de trazer muito mais mobilidade para os pais no passeio) também são importantes. Não deixe, ainda, de verificar a previsão do tempo para montar uma mala funcional e adequada para seu bebê.  

Vale lembrar: não deixe de checar o site da sua companhia aérea para conferir as regras de peso, medidas e o que pode ou não ser levado na bagagem

Por fim, é interessante acrescentar que evitar mudanças de hotel e mesmo de destinos é interessante para quem viaja com bebê. O aluguel de um carro (ainda que somente para se deslocar dentro da própria cidade) também é uma boa dica para facilitar o deslocamento de carrinho, a mala da criança e todos os outros itens necessários. 

Esperamos que nossas dicas para viajar com bebê sejam úteis! Aproveite e confira nosso post completo de checklist de viagem para embarcar de forma ainda mais segura e tranquila – sem se esquecer de nada! 

 

Créditos da imagem de destaque: freepik

You may also like