Sua mala estragou no aeroporto? Saiba o que fazer

by

As Olimpíadas no Rio de Janeiro estão para começar e os principais aeroportos do país sofrem com a superlotação e as reformas previstas para receber os 500 mil turistas estrangeiros que são aguardados para o evento.

Mesmo com tantos visitantes internacionais, são os brasileiros que devem aumentar a demanda dos voos para a cidade maravilhosa. Com isso, também aumentam os perigos de demora no check-in, na entrega da bagagem, de extravio ou danos às suas malas.

A copa do mundo em 2014 melhorou a infraestrutura dos aeroportos, mas isso não alivia a tensão presente no aumento constante da demanda doméstica brasileira que, segundo números da IATA (International Air Transport Association), deve se tornar o terceiro maior do mundo até 2017. Algo que, sem dúvida alguma, aumentará as possibilidades de ocorrerem problemas.

No que se refere a danos em sua bagagem, este artigo ilustrará o que você deve fazer para tentar sanar os prejuízos junto a companhia aérea responsável por ela.

Contate um funcionário da companhia aérea

Assim que constatar o dano em sua mala, o primeiro passo é entrar em contato com um funcionário da empresa aérea responsável. O colaborador solicitará que preencha o formulário de Registro de Irregularidades de Bagagem (RIB) ou formulário correspondente em cada companhia.

Nele, o consumidor descreverá quais foram as avarias na mala. É muito importante que você não efetue o desembarque total antes de passar todas as informações sobre os danos sofridos a sua bagagem a empresa aérea responsável, pois uma reclamação feita depois do desembarque pode gerar questionamento sobre o real momento em que a mala estragou (antes ou depois do desembarque).

 

Solicite um voucher

Existem algumas empresas aéreas que trabalham com lojas especializadas no conserto de bagagens danificadas no voo. Porém, o serviço deve ser cobrado pelos clientes de forma imediata, pois uma análise pode ser requerida pelo estabelecimento, o que atrasaria ainda mais a solução do problema.

Muitas delas tentam se livrar da responsabilidade, por isso o mais adequado é perguntar se existe tal serviço e solicitar um voucher de imediato para os devidos arranjos de sua mala.

Fotografe a bagagem

As primeiras fotos de sua viagem devem ser sobre o estado das malas antes do check-in. Assim você tem uma prova de que entregou sua mala em perfeito estado antes do embarque. Depois tire uma foto com os estragos e avarias bem à mostra.

Se for acompanhado até o aeroporto, também registre uma imagem com a pessoa, que poderá servir de testemunha caso haja necessidade de entrar em contato com o SAC da companhia, disponível no site das empresas ou da Infraero, para resolver a situação ou até mesmo mover uma ação judicial contra o estabelecimento para a solicitação de reembolso.

E aí, o que achou de nossas dicas? Já teve sua mala danificada em alguma viagem? Conte-nos suas experiências através dos comentários.

Sua mala estragou no aeroporto? Saiba o que fazer Overall rating: 0 out of 5 based on 0 reviews.

You may also like