mala de viagem feminina

Mala de viagem feminina: como escolher, organizar e customizar

by

Se arrumar a bagagem é sempre um desafio, a tarefa tende a se agravar quando o assunto é uma mala de viagem feminina. Afinal de contas, a vontade de levar mais peças, mais produtos de beleza e mais combinações de roupas e sapatos é comum – e pode se tornar um verdadeiro problema, incluindo o risco de ter transtornos com o excesso de peso

Diante desse dilema, a boa notícia é que ter foco no planejamento, escolher a mala certa para seu tipo de viagem e aplicar dicas práticas para definir o que levar são cuidados que permitem viajar com tranquilidade, organização e estilo. 

A seguir, saiba que mala escolher e confira dicas eficientes para arrumar e customizar sua bagagem! 

Guia da Mala de Viagem Feminina: saiba como organizar e viajar com a bagagem ideal 

mala de viagem feminina
Créditos: rawpixel 

1. Fique de olho na escolha da mala certa 

Pode parecer óbvio, mas a primeira etapa é a escolher a mala mais adequada para a sua viagem. Nesse cenário, aspectos variados devem ser considerados, incluindo:

  • duração da viagem;
  • destino escolhido;
  • clima do local;
  • atividades a serem feitas (se a ideia for fazer um mochilão por vários países da América do Sul ou acampar, por exemplo, uma mala de rodinhas não é a melhor aposta, certo? Nesse caso, um mochilão será muito mais coerente). 

A partir dessas definições básicas, você pode passar para decisões mais definitivas, tais como o tamanho da mala (pequena, média ou grande) e o material (tecido, material rígido ou semi-rígido). 

– Dica Importante 1: atenção às regras de peso e medidas da sua companhia aérea! Com as novas regras da ANAC, as medidas e o peso da bagagem de mão ficaram unificados nas empresas brasileiras: 35cm x 25cm x 55cm (comprimento, largura e altura) e 10kg. Para malas despachadas, os critérios de tamanho e peso ficaram restritos às especificações de cada companhia. Fique de olho! 

– Dica Importante 2: prefiras malas de 4 ou 5 rodas, com rolamento 360º. Como esse modelo não precisa ser inclinado para deslocamento, você ganha muito mais liberdade e facilidade para se movimentar (além de evitar a dor nas costas!) 

– Dica Importante 3: os compartimentos, extensores e organizadores internos (além dos bolsões externos) são grandes aliados da organização, especialmente no caso das malas femininas. Acessórios, bijuterias e diferentes peças de roupas podem ser acomodados de maneira muito mais prática com a ajuda desses itens. Na hora de escolher a bagagem, não deixe de checar os compartimentos! 

Clique aqui para entender mais sobre os diferentes tipos de malas e saiba como fazer a melhor escolha! 

2. Mala estratégica: não peque pelo excesso! 

O primeiro mandamento da mala de viagem feminina é: não peque pelo excesso! Sabemos o quanto é tentador levar aquela sandália colorida de salto maravilhosa (mas nem tão confortável…) ou aquele vestido que “pode ser que eu use, nunca se sabe…”. 

Pois bem: não caia na armadilha de levar diversas peças de roupas para escolher o que usar de acordo com o que preferir no momento. Essa é uma receita para o desastre: na esmagadora maioria dos casos, você não usa nem metade das roupas, leva um peso desnecessário e compromete até possíveis compras, já que tem pouco espaço disponível. 

Viagens para a praia, inclusive, são um exemplo perfeito do erro na hora de fazer as malas – nesse tipo de passeio, biquíni, shorts e chinelo é o que usamos na maior parte do tempo. Para quê levar uma mala tamanho G com itens que nem mesmo serão usados? 

Calcule quantas peças de roupas serão necessárias de acordo com o tempo da sua estadia e leve poucas peças extras para possíveis emergências. Acredite: na prática, você vai se virar bem com o que tiver levado e vai até poupar tempo na hora de escolher o que vestir. 

2. Leve peças coordenadas e já planeje os looks 

mala de viagem feminina
Créditos: rawpixel

É claro que uma roupas e sapatos mais arrumados são importantes para uma eventual ocasião mais formal ou elegante – especialmente se você fizer uma viagem a trabalho ou com programação de festas. O que não compensa é empacotar vários itens mais chiques que não podem ser otimizados e que só ocuparão espaço na mala. 

De maneira geral, priorize peças de roupas neutras, confortáveis, que você se sinta bem em usar e que combinem entre si. Conforme reforçam as consultoras de estilo, as peças de baixo particularmente devem ser coringas: separe mais blusas, tops e camisetas do que calças, shorts e saias (essas últimas podem ser repetidas em diferentes looks)

Tome nota de outra dica valiosa: para cada peça separada, faça uma segunda seleção de roupas, organizando ao menos dois looks para cada peça. 

Saiba Mais: 5 passos para organizar sua mala como um viajante profissional 

3. Invista nos acessórios

Os acessórios são grandes aliados na mala de viagem feminina. Lenços, cachecóis (para viagens invernais), brincos, pulseiras, colares, cintos, acessórios de cabelo… além de pesarem pouco, esses itens têm um grande poder de transformar os looks, dando uma “nova cara” para um mesmo conjunto de peças. 

O ideal é levar os itens em uma nécessaire com compartimentos de separação, cuidando para que colares e outras peças delicadas não se estraguem e “embolem”. 

4. Utilize kits de viagem para produtos de beleza e higiene 

As embalagens originais da maioria dos produtos de higiene e beleza podem ocupar um grande espaço na bagagem. Aposte nas amostras grátis ou nos kits em miniatura para guardar shampoo, condicionador, hidratante, sabonete líquido e outros itens. 

Lembre-se, ainda, de checar as regras para transporte de líquidos nas aeronaves – em trechos internacionais, os itens devem estar condicionados em embalagens plásticas de até 100ml, à prova de vazamentos. 

5. Providencie mais de uma nécessaire 

Se você fizer uma viagem para a praia, o mais recomendado é levar uma necéssaire de praia, uma para ficar no banheiro e outra apenas com itens de maquiagem (a dica pode ser adaptada conforme o estilo da sua viagem). 

O mais importante é que, dessa maneira, os produtos já ficam separados e  organizados para serem carregados na bolsa quando necessário, eliminando a necessidade de “procurar” por determinado item em meio à bagunça e deixando-os sempre à mão para uso. 

6. Organize as roupas em “rolinhos” e abuse dos organizadores de bagagem 

Com exceção de peças mais volumosas (como casacos de inverno, blazers e camisas sociais que podem amassar), a técnica de organizar as roupas em “rolinhos” é uma das mais eficientes para poupar espaço na mala, facilitar a visualização dos itens e não deixar que as peças fiquem muito marcadas. 

Além disso, abuse dos kits organizadores de malas, que são saquinhos específicos com zíperes para separar diferentes tipos de roupa: você pode usar um compartimento para saias e vestidos, outro para camisetas e parte de cima, outro para biquínis e saídas de praia, outro para lingeries e assim por diante. 

Vale destacar: é essencial que as lingeries sejam armazenadas em uma nécessaire ou compartimento com zíper. Dessa forma, se a mala precisar ser aberta e/ou revistada de surpresa, esses itens estarão reservados. 

Dicas extras para mala de viagem feminina

  • Leve um saquinho ou reserve um compartimento para a roupa suja, evitando que ela se misture com a limpa ao longo da viagem;
  • Leve uma mala ou sacola dobrável dentro da mala, especialmente se viajar com o objetivo de fazer compras. Dessa forma, você economiza espaço e não precisa comprar uma nova mala durante a viagem. Priorize bolsas de tecido ou material plástico, que são resistentes e leves;
  • Não deixe de montar uma pequena nécessaire com itens de higiene e maquiagem (se desejar) para sua mala de mão. Um kit de medicamentos e primeiros socorros também é recomendável. 

7. Customize (e personalize!) sua bagagem 

mala de viagem feminina
Capa de mala estampada/ Créditos: Sweetcase

Além de deixar sua bagagem mais especial e coerente com seu estilo pessoal, a customização ou personalização da mala de viagem feminina também tem uma vantagem extra: deixa sua bagagem mais reconhecível e identificável na esteira dos aeroportos

Hoje, as formas de customizar são as mais diversas: capas protetoras com diferentes estampas (que protegem a bagagem de impactos e possíveis avarias durante o transporte) bottons, patches (pedaços de tecidos estilizados que podem ser costurados ou pregados), tags de nomes (placas anexadas à bagagem com identificação) e mesmo gravação de iniciais (serviço oferecido por muitas marcas de luxo).  

Muitas viajantes também apostam na repaginação completa das malas (principalmente na forma de tutoriais de Do it Yourself – DIY), com a aplicação de diferentes texturas para dar uma nova cara a malas antigas. 

Leia Mais: Como reformar mala de viagem? 

Já pensou em alugar sua mala? Viaje com estilo, qualidade e muita economia! 

Disponibilizando as melhores marcas de malas do mercado (incluindo diferentes cores, materiais, tamanhos, modelos e texturas), o serviço de aluguel de malas é uma maneira inteligente de escolher a bagagem mais adequada à sua viagem – aliando estilo, qualidade e economia, já que você paga taxas baixas e arca apenas com o tempo de estadia da sua viagem. 

Agora que você já conferiu nossas dicas para escolher e organizar uma mala de viagem feminina, aproveite para conhecer as (muitas) vantagens de alugar sua bagagem! 

Créditos da imagem de destaque: senivpetro

You may also like