Voltando do exterior? Saiba o que você pode trazer sem pagar taxas

by

É bem verdade que a retração econômica e a alta do dólar diminuíram consideravelmente os gastos no exterior pelo brasileiro. Em janeiro deste ano os gastos lá fora registraram forte queda de 62% frente ao mesmo período de 2015.

Entre as ações por parte de governos estrangeiros, o que vem ocorrendo é a facilitação para conseguir vistos de entrada. O exemplo mais destacado de todos é o dos Estados Unidos, cuja espera pelo visto podia demorar até seis meses e, hoje, pode ser retirado em menos de duas semanas.

No caso do nosso governo, a “fuga em massa” de dólares para o exterior nos últimos anos forçou medidas como o aumento do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras), de 0,38% para 6,38%. Um aumento considerável que prejudica a intenção dos brasileiros de continuarem a comprar no exterior.

Em tais circunstâncias, é necessário gastar bem em suas viagens e saber em quais situações é possível comprar sem pagar taxas. Neste artigo ensinaremos tudo isso pra você!

Itens isentos de impostos

Em viagens para os Estados Unidos, Europa e outros países, alguns itens são isentos de impostos de acordo com o tipo, limite (de acordo com a lei brasileira) e quantidade proporcional com a duração da viagem.

Itens isentos sem limites

Entre os itens que você pode trazer sem pagar taxas estão os livros, revistas, folhetos e periódicos, que são considerados itens isentos sem limites. Bens de uso e consumo pessoal também são permitidos sem a cobrança de impostos.

Entende-se como bens de uso e consumo os artigos de vestuário, higiene e todos de caráter expressamente pessoal.

Em quantidade compatível com a viagem e o limite de peso das malas

Em quantidade compatível com a estadia estão: óculos, roupas, calçados, perfumes, brinquedos, itens decorativos, relógios, celulares, filmadora, CD, DVD, aparelhos eletrônicos, gadgets eletrônicos, máquinas fotográficas, acessórios para veículos automotivos, equipamentos esportivos e outros.

Itens com limites estabelecidos pelo Governo Federal

Entre os itens com limites definidos pelo Ministério da Fazenda estão presentes:

  • Bebidas alcoólicas: 12 litros no total;
  • Cigarros: 10 maços no total, com 20 pacotes cada;
  • Charutos ou cigarrilhas: com 25 unidades no total;
  • Fumo: 250 gramas;
  • 20 unidades de bens não relacionados nos itens anteriores (souvenires e pequenos presentes), de valor unitário menor do que dez dólares (mas não deve haver mais do que dez unidades idênticas);
  • 20 unidades de bens não relacionados nos itens anteriores, porém não deve haver mais do que três unidades idênticas.

500 dólares de isenção

Além de todas essas opções, seguindo as regras já explicitadas e o acumulo de itens, há o limite de 500 dólares para compra de produtos com isenção de impostos. Ou seja, é possível comprar um tablet, computador ou videogame que custe menos de 500 dólares e trazer sem gastar um centavo a mais.

Como última dica, vale lembrar que, em alguns lugares, pode ser solicitada a isenção de imposto dos produtos adquiridos no próprio país, afinal, lá não ficaremos para aproveitar os investimentos provenientes deste. Mediante a apresentação de passaporte, basta pedir um documento no ato da compra que confirma a isenção, conhecido como “Tax Free”, e solicitar o reembolso no guichê responsável no aeroporto no dia do retorno ao Brasil.

E aí, o que achou de nossas dicas sobre o que você pode trazer sem pagar taxas? Agora você já pode planejar suas compras isentas de impostos! Não deixe de comentar contando suas experiências nesse assunto!

Voltando do exterior? Saiba o que você pode trazer sem pagar taxas Overall rating: 0 out of 5 based on 0 reviews.

You may also like