Coisas que podem dar errado na sua viagem

Coisas que podem dar errado na sua viagem e como evitá-las

by

Problemas com voo são comuns em qualquer viagem. Atraso, cancelamento e overbooking são alguns que podem tirar o viajante do sério. Infelizmente, em muitos casos, não há muito o que fazer, a não ser exigir seus direitos. No entanto, saber o que pode dar errado em sua viagem é uma forma de se preparar para resolver tais problemas.

Se você não faz ideia do que pode acontecer com você, separamos alguns problemas com voo e bagagem que podem acontecer e como evitá-los ou resolvê-los. Acompanhe!

Problemas com voo

Se você já passou problemas com voo, sabe a dor de cabeça que isso pode causar. São diversas situações que fogem do nosso controle e que têm um grande potencial de estragar a viagem. Veja cada uma delas!

Voo cancelado

Seu voo foi cancelado. E agora? Esse é um dos problemas com voo comum que pode ocorrer por vários motivos, tais como: 

  • Tempo ruim: chuvas fortes, neblina, ventanias e neve são acontecimentos climáticos que impedem o avião de ter plenas condições de voo. As companhias aéreas precisam garantir a segurança dos passageiros e acabam cancelando o voo.
  • ‍Problemas imprevisíveis: falhas na aeronave que demandam manutenção e problemas detectados da hora de decolagem.
  • Excesso de tráfego aéreo: feriados e férias aumentam o volume de passageiros, ocasionando atraso e cancelamento de voo por excesso de tráfego aéreo.
  • ‍Problemas com a tripulação: falta de tripulantes necessários para a realização do voo ou trabalhadores perto de completar o limite de 11 horas de trabalho são situações mais raras, mas que podem impossibilitar a decolagem da aeronave e fazer a companhia aérea cancelar o voo se não encontrar substituto.

Você pode evitar o cancelamento? Não. São situações alheias a seu desejo. Mas é possível evitar uma surpresa negativa. Para tanto, se for caso de compromissos pessoais ou profissionais, marque seu voo pelo menos com um dia de antecedência. Além disso, analise o histórico da companhia aérea de voos atrasados ou cancelados. Por fim, fique atento ao painel de informações no aeroporto para acompanhar a situação do voo. 

Leia mais: Guia de Direitos do Passageiro Aéreo: voo atrasado, cancelamentos e mais – Parte I

Voo atrasado

O atraso é um dos problemas com voo mais constantes que acontecem com os passageiros do mundo inteiro. Dentre as situações que provocam o atraso, estão as adversidades (manutenções não planejadas ou falhas antes da decolagem que pode ser consertada), condições climáticas ruins, espera por passageiros devido ao atraso da conexão ou no despacho de mala, e até mesmo o avião lotado (desembarque atrasa o próximo voo).

Para não ser pego de surpresa com voo atrasado, adote as mesmas precauções sobre o cancelamento. Afinal, são problemas com voo bastante semelhantes, pois envolve descumprimento de horário. 

Overbooking

Outra coisa que pode dar errado na sua viagem é o overbooking. É um dos problemas com voo que também irrita os passageiros, porque a companhia aérea vende mais lugares do que os assentos disponíveis na aeronave. É a chamada preterição de embarque, e o passageiro tem seu embarque negado devido à falta de lugares no voo. 

O overbooking também pode acontecer quando o voo é cancelado, e a companhia troca a aeronave por uma menor. Da mesma forma, quando acontece realocação de passageiros devido ao cancelamento, perda de conexões etc. Ainda que seja um problema comum, o overbooking é ilegal, e a empresa aérea deve responder por isso. 

Para tentar evitar a situação, faça o check-in online e com antecedência, confirme a reserva e o status do voo no site da companhia, chegue com antecedência no dia do voo para garantir embarque no horário e fique atento à chamada do voo.

Bagagem extraviada

Você chegou ao destino final e percebeu que sua mala não estava na esteira. Quando procurou a atendente da companhia aérea, descobriu que ela foi extraviada. Situação chata, mas menos grave, é a bagagem danificada. Ambos os problemas com voo, porém, vão deixá-lo irritado.

O extravio pode acontecer por engano de outro passageiro, por um conexão de voo ou por furto/roubo. Para evitar a situação, identifique e diferencie sua bagagem, evitando despachar objetos de valor e de uso pessoal. Não se esqueça de verificar a etiqueta da mala com o número do voo correto. Fazer um seguro bagagem em caso de bens valiosos é uma boa opção. Tente fazer o check-in o mais rápido possível e com antecedência.

Se mesmo assim sua bagagem for extraviada, é buscar seus direitos. 

Saiba mais: Bagagem extraviada: guia definitivo para resolver o problema

Resolvendo os problemas com voo

Para resolver seus problemas com voo, você deve saber inicialmente algumas coisas sobre o transporte aéreo. 

A primeira é que qualquer alteração no voo deve ser comunicada com no mínimo 72 horas de antecedência ao horário originalmente estabelecido. A companhia deve oferecer alternativas de reacomodação e reembolso integral se não obedecer a este prazo. O mesmo ocorre se a alteração do horário de partida ou de chegada for superior a 30 minutos (voos ) ou a 1 hora (voos internacionais), caso o passageiro não concorde com o horário após a alteração.

Em seguida, você deve saber seus direitos em caso de cancelamento ou atraso de voo:

  • ‍Acesso à informação sobre status do voo;
  • ‍Assistência material;
  • Para o cancelamento, ainda há opções, como reembolso integral do valor pago na passagem aérea, incluindo as taxas, embarque no próximo voo da companhia, remarcação de voo sem custo adicional ou realocação em voo de outra companhia aérea, sem custos adicionais.

Quando seu direito não é respeitado, você pode pleitear indenização em alguns casos. Mesmo que a companhia aérea cumpra todos os deveres, se você chegar ao destino final com 4 horas ou mais de atraso ou for avisado com menos de 72h do horário de partida do voo, você também pode buscar uma indenização por danos morais. 

No caso de bagagem extraviada ou danificada, solicite no balcão da companhia aérea o Registro de Irregularidade de Bagagem – RIB. Registre também uma ocorrência na ANAC em no máximo 15 dias após a data. Se a empresa aérea não conseguir entregar sua bagagem imediatamente, exija ajuda financeira para comprar itens de primeiras necessidades. Se você já tiver comprado, peça o reembolso (guarde os recibos de compra). Em caso de danos, você tem até 7 dias após o acontecido para notificar a companhia aérea, que deve repará-lo ou fornecer outra bagagem em até 7 dias.

Essas 4 coisas que podem dar errado na sua viagem podem irritá-lo bastante. Algumas situações fogem do seu controle, por isso é preciso tomar alguns cuidados para amenizar os efeitos negativos que elas têm em você.

Leia mais: Guia de Direitos do Passageiro Aéreo: bagagem extraviada, aeroporto fechado e mais – Parte II
Muitos passageiros com problemas com voo ficam com preguiça, achando que uma eventual ação de indenização por danos morais demora. Felizmente, a Resolvvi, uma plataforma 100% digital, possibilita ao passageiro verificar se o caso é elegível a uma indenização.

Os especialistas analisam a situação e buscam um acordo diretamente com a companhia aérea. Se não der certo, cuidam de toda a parte burocrática de um processo judicial, e você só paga se houver decisão favorável. Simples, não? Então não perca mais tempo, se tiver tido algum problema com voo nos últimos 2 anos, verifique a elegibilidade e exija sua indenização!

You may also like