Desde 1º de junho de 2018, a resolução 753 da Iata (Associação Internacional de Transporte Aéreo, na tradução para o português) obriga que as empresas do setor adotem o rastreamento de bagagem em tempo real. Ou seja, o procedimento não é um serviço opcional oferecido pelas companhias. Esse controle deve ser feito em quatro momentos do trajeto: check-in, transporte da mala ao porão da aeronave, desembarque e entrega da mala ao passageiro.

Como você deve imaginar, o objetivo do rastreamento é evitar o extravio de bagagem. Esse problema representa um dos maiores temores de quem viaja de avião. Perceber que sua mala de viagem não está na esteira do aeroporto de destino causa imensa frustração no consumidor, que costuma procurar seus direitos na Justiça caso a companhia se recuse a fazer o ressarcimento. Essa decisão da Iata busca reduzir ainda mais os furtos das malas de viagem, que vêm caindo nos últimos dez anos. De acordo com a entidade, a adoção global pode diminuir o extravio em 25% até 2022.

Rastreamento por radiofrequência

A companhia aérea americana Delta já oferece a tecnologia de identificação das malas por radiofrequência, também conhecida como RFID. Nesse modelo, um chip é inserido na etiqueta que a mala recebe no processo de check-in. Esse chip emite sinais de radiofrequência mostrando ao passageiro a localização precisa da mala.

O percurso da mala pode ser acompanhado em tempo real pelo passageiro por meio do aplicativo Fly Delta. É possível abrir um mapa para acompanhar toda a movimentação da bagagem. O app dispara mensagens atualizando o status do transporte da mala de viagem. Notifica assim o usuário se sua mala já está no avião ou ainda está em trânsito dentro do aeroporto.

 

Como funciona o rastreamento de bagagem no aplicativo Fly Delta?

O app está disponível para Android e iPhone

 

A tela principal do app da Delta indica que a mala já está no avião.

O aplicativo da Delta faz o rastreamento da mala despachada durante a viagem inteira.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A American Airlines, que também possui aplicativo voltado para esse propósito, conta com serviço parecido. A diferença está no acompanhamento, que não é em tempo real, já que o usuário recebe a notificação apenas nos casos em que a bagagem chega ao aeroporto de destino antecipadamente ou com atraso.

As companhias aéreas brasileiras ainda não têm qualquer solução parecida com RFID. O rastreamento hoje é feito da forma tradicional, ou seja, por meio do código de barras. Esse modelo não permite que o usuário acompanhe o trajeto.

Está precisando de mala de viagem?

Geralmente, não vale a pena comprar, especialmente se você faz uma ou duas viagens por ano. Além de ser cara, a mala de viagem ocupa espaço no armário ou em qualquer outro lugar da casa. Com o passar do tempo, a mala rasga, fica suja e desbotada, exigindo gasto de manutenção.

A GetMalas oferece aluguel de mala de viagem. A mala chega a você cheirosa e em ótimo estado de conservação. Acesse nosso site e faça seu pedido! Entregamos a mala aí no seu endereço em diversas cidades atendidas por nossos parceiros. 🙂

 

O que achou dessa tecnologia de rastreamento de bagagem? Você acompanharia a movimentação da sua mala de viagem? Compartilhe com a gente sua opinião!